Cuiabá

Aeroporto Marechal Rondon perde posição em ranking

Depois de avançar duas posições, o Aeroporto Internacional Marechal Rondon, em Várzea Grande, na região metropolitana de Cuiabá, perdeu uma posição no ranking de satisfação dos passageiros. Na pesquisa trimestral permanente de outubro a dezembro de 2017, divulgada ontem pela Secretaria Nacional de Aviação Civil, o principal terminal aeroportuário de Mato Grosso ficou na 13ª classificação entre 15 aeroportos avaliados. Na anterior, o “Marechal Rondon” estava na 12ª colocação. 

Enquadrado na categoria dos terminais por onde passam em torno de 5 milhões de pessoas ao ano, o aeroporto de Várzea Grande alcançou a nota geral de 4.14. No trimestre anterior, sua nota foi de 4.22, o que representa 0.08 pontos a menos. As notas mais baixas foram obtidas pelo Galeão (4.11) e Salvador (3.91). Já as melhores avalições ficaram com Curitiba (4.77) e Campinas (4.76). Juntos, os 15 aeroportos representam 80% do total de movimentação de passageiros nos aeroportos brasileiros. 

Mas, desta vez também foram incluídos na pesquisa novos aeroportos, sendo eles, o de Belém (Júlio Cezar Ribeiro), de Florianópolis (Hercílio Luz), de Vitória (Eurico de Aguiar Salles), de Goiânia (Santa Genoveva), Maceió (Zumbi dos Palmares). Levando-se em consideração estes novos terminais, o aeroporto Marechal Rondon desce para a 15ª posição, uma vez que o de Goiânia obteve 4,21 de nota e Maceió 4,28. 

Desde 2013, a Secretaria Nacional de Aviação Civil realiza a “Pesquisa Permanente de Satisfação do Passageiro e de Desempenho Aeroportuário”, a qual avalia a experiência do passageiro em diversos itens de infraestrutura, atendimento e serviços, bem como monitora o desempenho de diversos processos aeroportuários como check-in, inspeção de segurança, restituição de bagagens entre outros. 

Para a avaliação, o passageiro entrevistado atribui “notas” de 1 a 5 para cada um deles, sendo 1 a menor nota possível e 5 a maior nota possível, assim classificadas. Ao todo, foram feitas 13.908 entrevistas. Desse total, foram realizadas 8.942 entrevistas com passageiros de voos domésticos e 4.966 entrevistas com passageiros de voos internacionais, obtendo-se a representatividade da população prevista estatisticamente. No geral, 91% dos passageiros avaliaram os aeroportos como bons ou muito bons. 

No terminal de Várzea Grande tiveram avaliação positiva itens como tempo de fila na inspeção de segurança (4,45), facilidade de desembarque no meio-fio (4.20), confiabilidade da inspeção de segurança (4,43) e cordialidade e prestatividade dos funcionários da inspeção de segurança (4,47). Pesaram contra disponibilidade de tomadas (3,81), qualidade da internet / wi-fi disponibilizada pelo aeroporto (3,21), disponibilidade e limpeza de sanitários (3,91 e 3.96, respectivamente). No geral, no entanto, a limpeza atingiu a nota 4,32.

Fonte: | 31/01/2018