Cuiabá

Passageiros melhoram avaliação do Aeroporto de VG

O Aeroporto Internacional Marechal Rondon, em Várzea Grande, deu um salto importante na pesquisa de satisfação do passageiro. Na última pesquisa divulgada trimestralmente pela Secretaria Nacional de Aviação Civil, o Marechal Rondon ocupava a 14ª colocação entre os 15 aeroportos. Na pesquisa atual, que corresponde de julho a setembro, divulgada ontem, o terminal aeroportuário subiu duas posições, saltando para o 12° lugar. 

O aeroporto foi novamente o que apresentou maior evolução com 18,9%, em relação ao mesmo período do ano anterior. No mesmo período de 2016 o terminal tinha nota de 3,55 passando agora para 4,22. É a quarta vez consecutiva que o aeroporto teve melhor percentual em comparação com mesmo período de 2016. Na pesquisa do trimestre anterior o aeroporto teve a pontuação de 4,07. 

A pesquisa traz Cuiabá com índices positivos em diversas avaliações. No tempo de espera para a fila de inspeção de segurança a nota foi 4,53, a confiabilidade na inspeção de segurança foi 4,43, conforto térmico 4,18 entre outros. Nos quesitos que ainda deixam a desejar segundo os passageiros estão custo/benefício dos restaurantes e lanchonetes que teve nota 2,81, custo benefício dos produtos comerciais foi 2,91. 

No geral, no terceiro trimestre de 2017, 92% dos passageiros avaliou os aeroportos como "bons" (4) ou "muito bons" (5). O resultado é o mesmo obtido no trimestre anterior, mas 3,3% maior do que aquele obtido no mesmo período de 2016. Ao todo, entre julho e setembro, foram entrevistadas 13.649 pessoas, sendo 8.743 passageiros de voos domésticos e 4.906 de voos internacionais. Já a média do índice de satisfação geral foi de 4,38. 

No ranking geral, o Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), foi novamente o mais bem avaliado pelos passageiros (4,78); tendo também o segundo maior crescimento (8,9%) em relação ao mesmo período de 2016. Em seguida, ficou o terminal Afonso Pena, em Curitiba (PR), com 4,74, e depois Natal (4,53). O único terminal que ficou abaixo da meta estipulada pela Conaero (Comissão Nacional de Autoridades Aeroportuárias), que é nota 4, foi o Aeroporto Internacional Luís Eduardo Magalhães, em Salvador (BA), com 3,95. 

Trimestralmente, a Secretaria Nacional de Aviação Civil do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil divulga o resultado da avaliação dos 15 aeroportos em relação à satisfação dos passageiros com base em 37 quesitos de infraestrutura, atendimento, serviços, itens de gestão, além da satisfação geral, com notas entre 1 e 5, sendo 1 “muito ruim” e 5 “muito bom”.

Fonte:Assessoria / Redação | 19/10/2017